Aos olhos de uma canceriana - Irreverência Baiana
274
post-template-default,single,single-post,postid-274,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,transparent_content,qode-theme-ver-1.0

Aos olhos de uma canceriana

Canceriano apesar de astuto fica magoado num piscar de olhos. E dessa mágoa nunca esqueceremos, pode ser um salgadinho que você não ofereceu em 2000. Anos adiante vamos dizer em tom de ameaça: “e depois de tudo que eu fiz por você…”.

O canceriano se doa sem reservas, mas quando feridos se fecha como uma concha, que nem o mais potente maçarico é capaz de abrir. Não olhem torto, não diga o não de forma ríspida, não o ignore sem motivos. Se tiver razões, o abrace. Se não tiver, o abrace também.

Canceriano tem uma memória incrível. Será um mestre em gravar datas que não são importantes, placas de carro dos amigos, o CPF do pai, do namorado e a data de emissão do RG.

Canceriano vai ter TOC, antes de sair de casa vai verificar se as janelas estão fechadas, se desligou o fogo e se trancou o portão, mesmo assim retornará da metade do caminho para conferir novamente. Canceriano gosta de lar, não é de casa, mas sim do conforto, aconchego e segurança de um lar.

Cancerianos são românticos até o último suspiro, difícil de desistir de um amor. Finge que esqueceu, bloqueia o número de telefone, faz cara de paisagem, mas no fundo sempre acredita nos recomeços. E quando se entrega é com a alma, com o coração, quando magoados se enclausuram completamente, até reunir todos os caquinhos, costurar todos os retalhos e formar uma linda colcha para aquecer novamente.

Não, não existe ninguém mais emocional. Temos dois corações ao invés de um, somos o transbordamento do excesso. É ser filho do mundo e ao mesmo tempo acolher debaixo das asas quem tem um lugar registrado no peito. Canceriano é uma emoção que ninguém entende: é choro no riso, é choro na dor, é choro na despedida.

Amamos a água. Há quem nos confunda com peixe ou sereia. Há aqueles que sentem admiração incontínua pelas águas, seja doce ou salgada; é sempre uma entrega sem precedentes, e justificativas. É  do signo, vai por mim.

Cancerianos detestam ser esquecidos, seja na escola quando pequeno, no compromisso marcado, ou a data do aniversário. Se você tem um amigo canceriano, não esqueça a data do seu aniversário, ele só esquecerá a sua por algo muito relevante. Sabe aquelas mensagens prontas? Não envie para ele, diga de verdade o que o seu coração mandar, e ele saberá.

Juliana Soledade

Crônica produzida para o Jornal A Região publicada no dia 09 de Julho de 2016

No Comments

Post A Comment